Página Inicial
Notícias
Opinião
Autarquias
Documentos
Foto Galeria
BEja no Facebook
Newsletters
Newsletter do BEja






Adere ao Bloco
Adere ao Bloco 
Sites do Bloco
Site do BE
Site do Grupo Parlamentar
Site do Grupo Parlamentar Europeu
Site do BE nas Autarquias

Newsletter Item  [ back ]
Date: 2007-10-19 12:36:04
BEja.bloco.org - Newsletter n.º 3

newsletter_03.jpg
 
 
 
 
 
 
 
 


Olá [NAME] ,
 
Fórum da Educação: Um novo compromisso pela escola pública
18-Out-2007
Clique para ver o programa O Bloco de Esquerda promove nos dias 26 e 27 de Outubro um Fórum sobre Educação para continuar a pensar os novos caminhos da escola de hoje. Estudantes, professores, activistas e investigadores estarão juntos para debater temas como a Selecção Social na Era dos Rankings, a Escola Inclusiva, a Democracia na Escola, os Saberes para a Sociedade de Hoje, entre outros. A entrada é livre. Veja o programa do Fórum aqui.
 
200 mil foram às ruas por uma Europa Social
Manifestação da CGTP de 18 de Outubro de 2007. Foto Paulete Matos Foi a maior manifestação dos últimos 20 anos, disse o secretário-geral da CGTP, Manuel Carvalho da Silva. Pelos cálculos da própria polícia, foram 200 mil os trabalhadores e trabalhadoras que responderam ao apelo da CGTP para se manifestarem diante da cimeira de chefes de Estado e de governo da União Europeia, atrás de uma faixa em que se lia: "Por uma Europa social - emprego com direitos". "Pela sua dimensão e pelas suas características, hoje é um dia histórico», disse Carvalho da Silva, sublinhando que agora "vão ampliar-se as alianças sociais e a luta dos portugueses".
O Esquerda.net fez a transmissão directa da manifestação durante mais de três horas, através da Internet móvel, numa iniciativa inédita até hoje em Portugal. Veja abaixo a galeria de fotos da manifestação.

 

Ler mais...
Só a luta vence o abuso
10-Set-2007
  mupi_abuso.jpg  
Cimeira da UE começa em Lisboa, manifestação por uma Europa Social às 14,30h
17-Out-2007

Europa Somos Nós, jornal do BEHoje e amanhã decorre em Lisboa a Cimeira da União Europeia que vai tentar aprovar o Tratado reformador, que substituirá o tratado constitucional chumbado pelos "não" na França e na Holanda.
Hoje, a partir das 14,30 horas, decorrerá a manifestação convocada pela CGTP por uma "Europa Social - Emprego com direitos".
O esquerda.net fará a transmissão directa
da manifestação, entrevistando alguns dos participantes.
Para saber mais sobre o tratado leia o artigo Tratado reformador da UE: inaceitável pelo método e pelo conteúdo.

Ler mais...
Comício Europeu em Lisboa
18-Out-2007
Esquerda EuropeiaSexta feira, 19 de Outubro às 21.30 horas, realiza-se um Comício da Esquerda Europeia em Lisboa.
Neste comício intervirão Franco Giordano de Itália, Lothar Bisky da Alemanha, Alexandre Alavanos da Grécia, Francis Wurtz da França e Ana Drago e Francisco Louçã, do Bloco de Esquerda de Portugal.
O comício decorrerá na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, no Campo Grande.
O esquerda.net fará transmissão directa deste comício. Ver Cartaz
Aconteceu: Futuro do Alqueva em debate
17-Out-2007
Barragem do AlquevaAconteceu reproduz esta semana uma entrevista com Constantino Piçarra, membro da coordenadora distrital do Bloco, no Alentejo, a propósito do encerramento das Jornadas das Alterações Climáticas que tiveram o seu epílogo num debate público, realizado em Moura, Alentejo, no passado dia 29 de Setembro. Em causa esteve a discussão  sobre a sustentabilidade agrícola e ambiental do projecto do Alqueva, num debate que teve a participação dos deputados do Bloco, Alda Macedo e Francisco Louçã e, também, a participação de Eugénio Sequeira, presidente da LPN, Alípio de Freitas, activista do Movimento dos Sem Terra, no Brasil e Vítor Louro, engenheiro silvicultor. Esquerda ponto Rádio ouviu Constantino Piçarra que moderou o debate e que fez para a antena um resumo das principais conclusões do debate. Clique para ouvir

mp3 wma

opiniao.png


Das Astúrias…só os mineiros! PDF Imprimir e-mail
18-Out-2007
Beja viveu ontem um dia anormal. A circulação automóvel esteve cortada no centro da cidade, num grande anel que ia do Hospital Velho ao Balneário, passando pelo Largo dos Correios e por trás do Jardim Público. Não era o Dia sem Carros que, aliás, tem caído em desuso, nem se tratava de devolver a rua aos peões. De tanta fartura, o pobre desconfia, dizia uma mulher nas Portas de Mértola… E, em cada esquina deste vasto perímetro, um polícia. Era a visita oficial dos “príncipes das Astúrias”, Felipe e Letícia, arrastando consigo a histeria securitária que sempre os acompanha e se vem reforçando, com o crescer da contestação à monarquia em Espanha.
Ler mais...

O ESTADO DA NAÇÃO PDF Imprimir e-mail
18-Out-2007
Segundo os dados estatísticos divulgados esta semana pelo INE (Instituto Nacional de Estatística), a propósito do Dia Internacional de Erradicação da Pobreza que se comemorou no passado dia 17 de Outubro, a pobreza não tem parado de aumentar em Portugal e o fosso entre ricos e pobres é o maior da União Europeia. Pobreza que, no nosso país, resulta, no essencial, de quatro factores: desemprego, salários baixos, endividamento e reformas de miséria. Se prestarmos atenção aos números, verificamos que 20% da população portuguesa vive na miséria e 14% para lá caminha na medida em que o salário auferido mensalmente já não é suficiente para fazer face às dívidas contraídas, especialmente as relacionadas com a aquisição de casa própria.
Ler mais...

SALVAR O PORTUGUÊS EM OLIVENÇA PDF Imprimir e-mail
16-Out-2007

RESUMO DE INTERVENÇÃO NO CONGRESSO DA LUSOFONIA EM BRAGANÇA (5-Outubro-2007)

UM LUGAR ONDE A LÍNGUA PORTUGUESA (VARIEDADE ALENTEJANA...) ESTÁ EM AGONIA
(inclui reflexões de um jovem local de 28 anos)

      
 Em 1840, trinta e nove anos após a ocupação espanhola (1801), o Português foi proibido em Olivença, inclusivamente nas Igrejas. Todavia, ele foi sobrevivendo, numa deliciosa toada alentejana, que logo as autoridades, vigilantes, classificaram como "chaporreo", palavra de
difícil tradução (talvez "patois"; talvez "deturpação"), que criou complexos de inferioridade nos utilizadores, levando-os, cada vez mais, a usar a Língua Tradicional apenas a nível caseiro, dentro do aconchego do lar. Mesmo com esses condicionalismos, depois de duzentos anos de pressão, ela é entendido e falado por cerca de, pelo menos 35% da população, segundo cálculos da União Europeia (Programa Mosaic).

Ler mais...

 

Powered by Letterman
Destaques
VIII Convenção 
  Debate Aberto
Novo cartaz do Bloco
Campanhas

Cortem na Divida não nos Salários

Privatização é o fim da linha 

 

Novo folheto dos Jovens do Bloco
Publicações
Jornal gratuito - Ler em pdf
Revista Vírus n1
Plataformas
Site Esquerda
Vídeos do Bloco
© 2017 Site Distrital de Beja - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.